domingo, 2 de agosto de 2009

História do handbol

Você já jogou handebol alguma vez? Sabia que apesar de ser um dos esportes mais praticados nas escolas brasileiras, juntamente com o futsal, o voleibol e o basquetebol, o handebol é pouco conhecido de nossa população? Quais seriam os principais motivos deste desconhecimento?
Bem, para começo de conversa, quem já assistiu a algum jogo de handebol pela televisão? Pode até passar algumas vezes, mas temos que concordar que é muito raro, se compararmos com o espaço que o futebol tem na mídia, por exemplo, ou mesmo o voleibol atualmente, veremos que o handebol é muito pouco divulgado em nosso país. É realmente muito esquisito que um esporte tão bem aceito nos meios escolares, não desperte o interesse do público de uma maneira geral.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

O que é e o que não é handebol?
Clique aqui para fazer o download

O handebol para quem não está muito familiarizado, pode ser visto como um misto de futsal e basquetebol, mas isso apenas para o leigo, porque para quem joga não tem nada a ver nem com um nem com outro. A semelhança com o futsal vista pelos leigos está no fato de ser um jogo onde o objetivo maior é marcar gols em uma trave igual à de futsal, onde também existe um goleiro, mas para por aí, no caso do basquete a única aproximação é o fato de ser jogado com as mãos, utilizando-se dodrible para o jogador se deslocar pela quadra. Quanto à quadra, ela é a mesma do futsal, com apenas algumas marcações diferenciadas.

Agora vamos às diferenças. Em primeiro lugar, tanto no futsal como no basquetebol as equipes são formadas por 5 jogadores, enquanto no handebol são 7, sendo um deles o goleiro, aliás, no handebol existe uma área próxima a cada gol, assim como no futsal, mas a diferença é que no handebol apenas o goleiro pode ficar nesta área, os demais jogadores são proibidos de invadi-la. No handebol, diferentemente do basquete, é permitido que o jogador ande 3 passos sem bater a bola, antes e após batê-la. No handebol o contato é muito mais permitido do que no futsal e no basquete, é comum vermos os jogadores se segurando para impedir o adversário de arremessar ao gol.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

Selação brasileira masculina em ação no Mundial da Tunísia-2005
Clique aqui para fazer o download

Além destas diferenças nas regras, existem muitas outras relacionadas à técnica de jogo, e às táticas. Portanto, depois de conhecermos um pouquinho do handebol, é impossível acharmos que este esporte tem alguma ligação com o futsal ou com o basquetebol.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

Jogadora da seleção brasileira feminina no Mundial da Russia-2005
Clique aqui para fazer o download

É interessante que o handebol seja mais divulgado em nosso país, pois é um esporte que tem crescido muito, com um trabalho sério da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) que já vem colhendo resultados com bons resultados tanto no masculino como no feminino em torneios internacionais. A seleção feminina, conseguiu um 7° lugar no último Mundial da Russia em 2005, colocação que pode parecer inexpressiva para quem não acompanha o handebol, mas que demonstra uma evolução fantástica do handebol de nosso país que jamais teve tradição nas competições internacionais que são dominadas pelas equipes européias.

ssim como o futebol, não é possível atribuir a origem do handebol a um determinado “inventor”, pois sempre existiram jogos com objetos esféricos jogados com as mãos. O próprio jogo de Harpastum , citado como antecessor do futebol, é considerado um dos jogos que ajudou na construção do handebol, pois envolvia o jogo com as mãos.
Na clássica obra “Odisséia” de Homero, é descrito um jogo praticado na Grécia Antiga com uma bola do tamanho de uma maçã, onde se usavam as mãos, mas não havia traves, o objetivo era ultrapassar o oponente, através de passes, isto está gravado em uma pedra na cidade de Atenas e data de 600 a.C., sendo este jogo denominado de “Urânia”.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

Jogo de Hazena na República Tcheca atual - nome do jogo continua preservado
Clique aqui para fazer o download

Já o handebol moderno, mais próximo do esporte que conhecemos atualmente, tem suas origens no século XIX, quando surgiu uma série de jogos cujo formato se assemelhava ao atual jogo de handebol. Nesta época podemos destacar o jogo chamado “Hazena”, praticado no Tchecoslováquia, num campo de 45x30m e com 7 jogadores que também era jogado com as mãos e o gol era feito em balizas de 3x2m.

O período da I Guerra Mundial (1915-1918) foi decisivo para o desenvolvimento do jogo, quando um professor de ginástica, o berlinense Max Heiser, criou um jogo ao ar livre para as operárias da Fábrica Siemens, derivado de um jogo chamado de"Torball", praticado em um campo com as dimensões de 20x40 metros e traves de e quando os homens começaram a praticá-lo, o campo foi aumentado para as medidas do futebol.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

Transição do handebol do campo para a quadra
Clique aqui para fazer o download

Se pararmos para pensar um pouquinho iremos nos atentar para o fato de que até o final do século XIX ainda não existiam os esportes de quadra como conhecemos hoje e, deste modo ainda não existiam os ginásios poli-esportivos, portanto o handebol se desenvolveu em suas origens como um jogo em campo aberto, em campos semelhantes aos de futebol. Com o surgimento dos esportes de quadra, o handebol também sofreu suas adaptações para ser praticado em quadras, sendo um dos fatores decisivos para esta transição a impossibilidade de se jogar em campos abertos durante os rigorosos invernos europeus.
Em 1919, o professor alemão Karl Schelenz reformulou o "Torball", alterando seu nome para"Handball" com as regras publicadas pela Federação Alemã de Ginástica para o jogo com 11 jogadores. Schelenz levou o jogo como competitivo para a Áustria, Suíça, além da Alemanha e por isso é considerado por muitos como o criador do handebol moderno.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

Handebol de campo nos Jogos Olímpicos de Berlim-1936
Clique aqui para fazer o download

E foi justamente o handebol de campo, que primeiro se popularizou, fazendo sua estréia nosJogos Olímpicos de Berlim, em 1936. O jogo era praticado em campos de grama com dimensões e gols similares aos do Futebol, com 11 jogadores por equipe. Houve apenas competições masculinas e esta foi a única vez que este tipo de Handebol participou das Olimpíadas.

Com o grande crescimento do futebol com quem dividia o espaço de jogo, com as dificuldades do rigoroso inverno, muitos meses de frio e neve, o Handebol de Campo foi paulatinamente sendo substituído pelo Hazena que passou a ser o "Handebol a 7", chamado de "Handebol de Salão", que mostrou-se mais veloz e atrativo. Em 1972, nos Jogos Olímpicos realizados em Munique na Alemanha, o Handebol (não mais era necessário o complemento "de salão") foi incluído na categoria masculina, reafirmou-se em Montreal-Canadá em 1976 (masculino e feminino) e não mais parou de crescer, espalhando-se por todo o planeta.

Clique aqui para ampliarClique aqui para ampliar

IMES-São Caetano e UNIFIL-Londrina, duas equipes de handebol ligadas a Universidades
Clique aqui para fazer o download

Após a I Grande Guerra Mundial, um grande número de imigrantes alemães vieram para o Brasil estabelecendo-se na região sul por conta das semelhanças climáticas. Dessa forma os brasileiros passaram a ter um maior contato com a cultura, tradição folclórica e por extensão as atividades recreativas e desportivas por eles praticadas, dentre os quais o então Handebol de Campo. Foi em São Paulo que ele teve seu maior desenvolvimento, principalmente quando em 26 de fevereiro de 1940 foi fundada a Federação Paulista de Handebol.
Mais tarde, este esporte obteve grande difusão nos meios estudantis, graças aos professores de Educação Física, que desenvolveram um trabalho de popularização do handebol nas escolas. Devido à sua grande aceitação no meio escolar, por se tratar de um esporte de aprendizagem fácil e muito dinâmico, o handebol teve os Jogos Estudantis e Universitários como seus maiores cenários de desenvolvimento, tanto que até hoje algumas das equipes de maior destaque nas competições nacionais possuem alguma ligação com estas instituições de ensino.


Nenhum comentário:

Postar um comentário